Mulher come coxinha, passa mal e morre dentro de ônibus

Mulher come coxinha, passa mal e morre dentro de ônibus
A filha viajou ao lado dela e só percebeu que a mãe não respirava mais quando chegaram em Cuiabá

Do O LIVRE

 

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender um chamado na garagem da empresa Eucatur, no Parque Rodoviário, em Cuiabá.

O motorista do ônibus Francisco Augusto Chompati, que vinha de São Paulo em direção à capital mato-grossense, contou a policiais que já em Rondonópolis (200 km de Cuiabá), notou que uma passageira estava “muito quieta, imóvel”.

A idosa viajava com a filha, M.S., que só percebeu que a mãe não respirava mais quando chegaram a Cuiabá, por volta das 23h.

Foi então que o motorista acionou a polícia.

Uma equipe do Samu constatou o óbito e logo chegaram ao local policiais civis da DHPP, chefiados pelo delegado Olibio da Cunha Fernandes e equipe da Politec e IML.

M.S. contou que a mãe havia passado mal após comer uma coxinha em certo ponto da viagem. “Mas havia melhorado”, disse, à polícia.

No Boletim de Ocorrência, registrado na Central de Flagrantes, consta que não há indícios de crime, mas que a morte deverá ser esclarecida.