Cármen Lúcia diz que não retirou HC de Lula da pauta de terça

Cármen Lúcia diz que não retirou HC de Lula da pauta de terça
Após divulgação de que julgamento foi adiado para o segundo semestre, ministra emitiu nota indicando que votação pode ocorrer em 25 de junho

Após divulgação de que julgamento foi adiado para o segundo semestre, ministra emitiu nota indicando que votação pode ocorrer em 25 de junho

 

A ministra do STF, Cármen Lúcia, por meio de nota divulgada na noite desta segunda-feira, 24, deixou aberta a possibilidade de que o julgamento do habeas corpus (HC) da defesa do ex-presidente Lula seja mantido na pauta da Segunda Turma para esta terça-feira.

Segundo a ministra, “em todas as sessões, é dada preferência e a prioridade aos habeas corpus determinada pelo Ministro Relator ou pelo Ministro Vistor”. Ela disse ainda que “todo processo com paciente preso tem prioridade legal e regimental, especialmente quando já iniciado o julgamento, como nos casos de vista, independente da ordem divulgada.”

O ministro Edson Fachin é o relator do HC 164.493, que pede suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sergio Moro no caso do tríplex.